Gota de Gratidão #2017-12-14 Elisabete SANTOS

❤ GOTA de GRATIDÃO #2017-12-14 de Elisabete SANTOS

RENASKIĜI ❤ Apreciações - Gota de Gratidão 6 Comments

Após cada Vivência / Workshop / Kurso*,
(* “Kurso” = “Curso” em Esperanto,
a Língua Universal)
com Robiyn ,

recebemos muitos e-mails
com Mensagens de Gratidão
e/ou Apreciação das Vivências presenciais
ou dos ❤︎iKursos❤︎ realizados online,
pela Internet, Audio-interactivos,
para todo o Mundo…

Desta vez, compartilhamos aqui
com Você,
uma Mensagem que recebemos

de Elisabete SANTOS

Após participar no seguinte evento:

 

❤︎❤︎❤︎

RELATORIO CURSO DIA 8/12 VAGUEIRA

Hoje tenho consciência da cegueira de ontem…

Como é possivel andar tão cega que não visse,
não sentisse,
até as palavras faltavam no meu
vocabulário…

Aprendi que temos de libertar a nossa imaginação,
de viver, sorrir, não ser prisioneira do tempo e
das normas, devemos manter a nossa essência,
e também respeitar totalmente os outros.

Algo muito importante foi entender que
temos de evoluir de dentro para fora
(tal como o ovo),
por muito que os outros nos queiram ajudar,
só nós o podemos fazer
em toda a plenitude.

Podemos buscar as ferramentas no exterior,
mas apenas do interior,
da pratica e da insistência
conseguimos efetivar a mudança…

Tocou-me muito o exemplo da folha em branco,
efetivamente tenho muito para limpar
nesta minha folha,
para depois haver espaço
para tudo de novo que quero imprimir…

São muito importantes
as experiências que consideramos “ negativas “,
pois elas nos ensinam a crescer
e a não fazer no futuro,
como tal temos de nos sentir igualmente GRATOS
e andar em frente,
não ficarmos na lamentação,
nem condicionados pela CULPA.

Cheguei como se merece-se estar ali,
mas um merecer pela negativa,
não um merecimento pelo
AMOR…

Cheguei e disse ao que vinha,
como se tivesse esse direito,
sem qualquer obrigação e necessidade
de dar uma explicação…

Como estava cega,
mas mesmo assim vocês e em especial o Robiyn
deu-me essa oportunidade
abrindo-me os olhos…

Hoje sei , porque atravês do AMOR,
EU sou merecedora,
porque tal como todos nós temos o nosso lugar,
o nosso espaço e somos merecedores desse AMOR…

Amor de nós para nós,
de nós para os outros
e dos outros para nós,
mas primeiro temos que nos valorizar,
acreditar que os nossos desejos,
necessidades, opiniões também são importantes,
desde que baseados no AMOR e na GRATIDÃO
( abraço á Francisca da Madeira )…

Todas as revelações que me foram feitas,
foram esclarecedoras de algumas pontas soltas
na minha vida,
a preocupação desmedida com as crianças
(o meu coração dispara sempre que sinto uma criança chorar,
principalmente se não está no meu ângulo de visão ),
o sentimento de culpa constante,
sem explicação aparente, a mudança de humor,
tanto tinha um dia em que me sentia feliz,
como tinha outro em que estava deprimida
sem saber porquê.

O constatar que a minha “loucura“
principalmente na infância,
nas coisas que acreditava
e sentia que não me atrevia a comunicar a ninguem…
os bebés nasciam pelo umbigo,
os dentes caiam durante o sono,
o receio de todas as tempestades,
principalmente quando estava fora de casa,
não me conseguir sentar nas cadeiras de uma forma normal…

O fascinio/ rejeição pelos espelhos,
sem dúvida que sempre me fascinou o espelho
da Alice no País das Maravilhas,
bem como o da Branca de Neve,
mas na vida real,
a reação era diferente,
era de repulsa e raramente me via ao espelho,
nomeadamente espelhos de corpo inteiro???

A sensação de já ter estado num lugar,
ou de já conhecer uma pessoa,
de já ter vivido algo igual….
ou teria sonhado??
(eu sonho muito, e são autênticos filmes,
recheados de pormenores )

E os desenhos, sempre que estou enfadada,
reuniões, etc, abstraio-me e desenho…
desenhos geométricos…folhas e folhas…

Apesar de muita coisa eu não entender,
saí do curso diferente,
já com um pouco mais de compreensão de mim propria…

E se ficasse por aqui
o curso já tinha sido muito importante…
mas não ficou..
(No dia seguinte acordei,
definitivamente uma nova pessoa…
revigorada, reformatada, AMADA)

Quando cada um dos presentes
deu a opinião sobre a solução para a minha questão,
eu percebi independentemente do que disseram,
que me sentia deslocada porque tinha ‘saudades de casa’,

naqueles momentos era o meu único pensamento…
saudades de casa, do meu lar…

Acordei e percebi, que não tinha mais,
e estava sentindo que este agora era o meu lar…

Olhei para os meus
com uns olhos e um coração diferente
e senti-me FELIZ…

Curiosamente…ou não,
no domingo tive um batizado,
onde esteve reunida grande parte da familia,
e eu mal me reconheci…
acho que nem eles me reconheceram,
a dada altura foi como se estivesse fora
do meu corpo a observar-me
e vi uma Elisabete conversadora,
até dominante nas conversas …
(eu, acreditam, que ainda ontem
nao conseguia expor a minha historia
com um fio condutor do principio
ao fim),

divertida, comunicativa, bem disposta
( influências certamente da Rita ),
a falar com um,
com outro, a dar opiniões,
sem receio de ser julgada…
e percebi que estava finalmente em casa,
neste lar deste planeta, deste corpo…
que é tão importante quanto o outro…
sem condicionalismos…

Mesmo no final recebi uma noticia que me deixou muito feliz…
tenho um sobrinho com 34 anos,
diagnóstico de esclerose múltipla
por volta dos 26 anos,
que tinha desistido dele proprio,
no início quis partir,
e depois desistiu da possibilidade de ter uma vida…
trabalha, é engenheiro civil,
mas a nível pessoal anulou tudo,
tinha uma namorada com quem quis terminar,
ela nunca desistiu…

os anos foram passando,
mas ele não queria nada de definitivo,
achava que a vida dele não valia a pena,
e não queria ser uma responsabilidade para ninguém…

e no final do almoço ele convidou-me para o seu casamento….

fiquei tão feliz, tão feliz
que o abracei, um abraço sentido
(um abraço RENASKIĜI),
e ele ficou tão estupefacto
(é capaz de ter sido
o primeiro em 34 anos )
que me perguntou porque estava assim feliz,
e eu naquele momento não
soube responder, apenas disse que era de coração.)

Conto-vos esta vivência,
porque agora sei o que me encheu o coração,
foi porque percebi
que ele se aceitou,
e acreditou que tambem tem direito a viver
e a ser feliz…

E percebi que o que mudou em mim foi tambem me ACEITAR…

Finalmente aquela necessidade
de procura constante de algo,
de nunca viver plenamente um momento
porque ele na realidade não me preenchia…
desapareceu…
encontrei-me…
sei que pertenço aqui
e passei a viver cada momento PLENAMENTE,
a apreciar cada momento,
cada companhia,
sem aquela necessidade de correr para outro lugar…

ENCONTREI-ME

Sei que é um trabalho diário e continuo,
que estou no inicio desta longa estrada,
mas sei também que o quero fazer
e é muito bom ter o apoio de todos vós.

Sou muito GRATA ao Robiyn por não ter desistido de mim…

Mais dois dias passaram,
e tenho feito o relaxamento diariamente,
manhã e noite,
se não sentisse em mim não acreditaria,
mudou tanta coisa, deixei de procurar,
estou bem onde estou, sem stress,
deixei de ter dores,
nomeadamente uma dor que muito me atormentava,
na zona do pescoço e ombros,
é incrivel,
reduzi em muito o uso de óculos,
ainda está um pouco enevoado,
mas sei que vai melhorar.

Acordo de manhã para fazer o exercício
sem colocar despertador,
e recuperei a energia
para o dia a dia…
até o trabalho flui serenamente.

Sou muito grata a todos individualmente,
porque todos de alguma forma
contribuíram para esta mudança seja com um olhar,
um sorriso, um abraço, uma gargalhada,
com a partilha da própria energia…
e aos que me proporcionaram esta oportunidade,
principalmente á Helena e ao Robiyn,
á Isabel e Tó Mané pelo acolhimento e perdoem-me…
mas sou muito grata a MIM,
porque soube aproveitar tudo o que o me foi proporcionado!

GRATIDÃO

Elisabete Santos

 

 

 

Comments 6

  1. Que partilha maravilhosa.
    Grata Elisabete.

    Fiquei tão feliz com o seu testemunho.
    Muitos beijinhos e um grande xi- coração.

    Beijinhos,
    Sara (Aveiro)

  2. Extasiada Robiyn e Elisabete!!! Ao Robiyn pelo Despertar para a Transformação e à Elisabete por fazê-la Acontecer!

    Beijinhos

    Isabel Viegas

  3. Extasiada com o que acabo de ler. Como é bom ver mais um ser despertar a sua própria essência! Obrigado Robiyn. Helena Loureiro

  4. Linda, esta gota …💜 deliciem-me ! como que um de já vu💛Extasiada Robiyn e Elisabete. Bjinhos Cris 💝

  5. Obrigado Elisabete e ao Robiyn por esta Maravilha!!!
    Um Bálsamo que Vindo do Coração chega ao Coração de Todos Nós!!! Com Amor, Manuela Marques

  6. QUERIDO ROBIYN
    QUERIDOS AMIGOS
    QUERIDA FAMÍLIA DO CORAÇÃO

    Extasiada por EXISTIREM para ILUMINAR 🌟🌟🌟🌟🌟

    É sempre MARAVILHOSA
    A Oportunidade que nos É OFERECIDA por ROBIYN
    de podermos SENTIR… PRESENCIAR … VIVER…
    a GRANDIOSIDADE de cada aparentemente “PEQUENA COISA”,
    aparentemente “PEQUENA REVELAÇÃO”
    que levam a “TÃO IMENSAS TRANSFORMAÇÕES”
    como a que aqui nos é testemunhada pela ELISABETE.

    A TODOS Agradeço, TUDO o que me permitiram
    SENTIR…
    PRESENCIAR…
    VIVER…
    Em cada “MOMENTO” que estivemos JUNTOS!
    “Pequenas Notas” que vão compondo uma INFINITAMENTE Bela Melodia … A “ETERNIDADE”

    BEM HAJA ROBIYN… 💝💖💝
    BEM HAJAM TODOS… 💝💖💝

    💝💖💝💝💖💝💝💖💝

    Com CARINHO

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *