❤ “GOTA DE GRATIDÃO” #2014-12-22 de Rita Burmester – "Este Natal o Robiyn tem sido o meu Pai Natal!"

RENASKIĜI ❤ Apreciações - Gota de Gratidão 2 Comentários

Desta vez, compartilhamos aqui
com Você,
a Mensagem que recebemos
de
Rita Burmester

Robiyn,

Este Natal o Robiyn tem sido o meu Pai Natal!

Palavras são muito pouco para descrever
tudo o que o Robiyn me tem dado!

Mas neste momento mais do que em qualquer outro,
sinto uma vontade de expressar a gratidão
que sinto em mim!

Esta foi uma semana cheia de acontecimentos
e em cada um o Robiyn e família
estiveram presentes
dando o seu amor e dedicação.

A minha filha Ema (bebé) de 2 meses,
acordou de madrugada sem respirar,
contatei o Robiyn que,

junto com a sua esposa, Olga,

logo me indicou o que fazer;
contudo por falta de instrumentos em casa
tive de a levar até ao hospital
(porque se estava a engasgar
e sufocar nas suas secreções).

O Robiyn sempre esteve a par
e cada vez que falava comigo
trazia tranquilidade ao contrário do hospital em si.

A Ema estava a melhorar a olhos vistos,
ainda assim, a dado momento
as enfermeiras disseram que estava pior que no dia anterior
e as médicas disseram que estaria melhor
– o que me deixou muito confusa!

Foi então que o Robiyn me disse:
“Vamos mentalizar para que os médicos digam
que pode sair amanhã.”.

Nessa altura, os enfermeiros afirmavam
que a alta nem para sábado (20/12),
as médicas afirmavam que talvez para segunda (22/12),
portanto a conclusão seria que para sexta (19/12),
é que nem pensar.

O que eu fiz foi:
aproveitar os momentos em que Ema dormia,
fechei os olhos e visualizei.

Senti que outros estariam e a vê-la bem e falei com a bebé.

No dia seguinte, a médica chegou toda cheia de vida e disse:
“Mãe, esta bebé só está aqui para limpar as secreções
e para apanhar vírus.
Portanto se a mãe puder limpar em casa
é o melhor sítio para estar.”

Eu fiquei radiante
e logo lembrei de tudo o que o Robiyn havia dito.

Em seguida, eu mesma fiquei doente
de forma a não conseguir se quer
tratar da Ema
e mais uma vez pedi ajuda e o Robiyn falou:

“Vai fazendo tudo o que já sabe.”.

Lembrei da música “The man who chose to smile”, 
que tinha sido recomendada pelo Robiyn 

e praticada nas Vivências, iKursos e em casa –

e logo senti melhoras.
Ainda não tive a oportunidade de dizer em viva voz
tudo o que sinto por cada momento assim,
que com o Robiyn sou capaz de viver,
por isso escrevo.

Hoje, soube pela manhã que a Paula desencarnou
e logo senti muita vontade de chorar,
mas ao ligar à Isabel Viegas para contar,
ela falou-me como se estivesse no curso e me acalmou.

Sei que a Paula quer que eu recorde tudo de bom que passámos!

Grata a todos os que me fazem viver!

Grata ao Robiyn, Olga e família!

Grata

Rita Burmester

Comentários 2

  1. Ola Rita
    Adorei o que escreveste.

    Senti-me como se estivesse vivenciando cada palavra.
    Fantástico.
    Obrigado a ti, a Ema e a todos.

    Beijinhos

  2. Lindo! Bom Ano para ti Ritinha! 🙂 Para toda a tua familia,a tua pequena luzinha,a Ema,que vai crescer e tornar-se a “Super Mulher”…obra do Robiyn..kkkkkkk! 🙂

    Feliz Ano Novo a toda a familia RENASKIĜI!
    Cada vez mais anseio a Vida….esta e outras!
    Sou Grata a todos vós por tudo!
    Obrigado!
    🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *